3 dias extra para fazeres a Candidatura à 1ª fase e as novas vagas!

Inspiring Future
8 setembro 2021

Nem o Ministro do Ensino Superior, nem qualquer outra entidade esperavam que se batesse um novo recorde de candidatos, portanto, vai haver vagas extra para a 1ª fase do concurso nacional de acesso e ainda um período extraordinário de candidatura a seguir à 2ª fase de exames - continua a ler para saberes tudo!

 

63.878 é o número mágico da Candidatura ao Ensino Superior Público deste ano. A malta de 2021 não quis ficar para trás e acrescentaram mais 1.203 candidatos este ano.

 

Os anos que detêm o recorde de candidaturas são 1995, 1994 e 1996, com 80.576, 68.798 e 66.871, respetivamente. Apesar destes valores superiores a 2021, não te deixes enganar, as condições de entrada estão muito melhores agora! Nos anos 90, havia cerca de 35.000 vagas no Concurso Nacional do Ensino Superior Público, atualmente já vamos em mais de 54.000.

 

Quais são as explicações apontadas para haver novos recordes de candidatos?

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior aponta várias razões que podes consultar no documento oficial enviado à Comunicação Social.

Nós queremos destacar alguns particularmente importantes:

  • Os reforços nos apoios financeiros e nas bolsas (quer aqueles que já estavam planeados quer os que derivaram da pandemia);
  • A redução do valor das propinas (atualmente está próximo do ordenado mínimo nacional);
  • Aumento das vagas dos cursos com mais procura e estimulação dos cursos tecnológicos e digitais.

 

Houve mais candidatos, mas há vagas para todos?

De forma muito simplificada, a resposta é SIM. Pode é não ser no curso e na instituição que queres.

Em primeiro lugar, tens de perceber que estes números são referentes ao Ensino Superior Público.

Se formos a verificar o número total de pessoas matriculadas no Ensino Superior no ano anterior, são cerca de 87.000. Para este ano letivo que vem (2021-2022) estima-se que suba para 90.000.

Em segundo lugar, tens de perceber que o número de candidatos não é igual ao número de colocações e de matrículas. Há muita gente que se candidata ao Público e ao Privado e depois cancela a vaga que menos lhes interessa.

Já para não falar que na 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso, só no ano passado, houve cerca de 12.000 alunos que não ficaram colocados.

 

Ainda podem ser disponibilizadas mais vagas?

Já em junho deste ano o Ministério tinha confirmado que todas as instituições que quisessem aumentar as vagas dos cursos mais requisitados, poderiam fazê-lo até um máximo de 15% das vagas – no caso de Medicina, tal como no ano passado, todas as escolas de Medicina recusaram-se a fazê-lo por considerarem que estão atualmente para lá do limite do número máximo de alunos que podem ter.

 

Agora em agosto, foram disponibilizadas mais 3.080 vagas, fazendo com que o Concurso Nacional de Acesso ultrapasse a barreira das 56.000 vagas. Estas vagas foram  redirecionadas dos concursos especiais - também os estabelecimentos de Ensino Superior Privado vão poder redirecionar as vagas dos concursos especiais caso pretendam.

Podes verificar a distribuição das vagas por curso e por instituição neste documento que a DGES disponibilizou para o efeito.

Com esta alteração do número de vagas, abre também um novo período para fazeres alterações à candidatura ao Ensino Superior Público! Vais poder fazer alterações nos dias 7, 8 e 9 de setembro - não te esqueças que só conta a última submissão!

Podes verificar o despacho da Diretora da DGES aqui.

 

Para garantires que não cometes erros na candidatura, vê o vídeo de Youtube que fizemos com a Candidatura Passo a Passo!