As Provas de Ingresso passam a ter mais validade e não são 4 anos, mas sim 1 + 4 anos!

Inspiring Future
18 outubro 2021

Recentemente saiu uma nova deliberação do Ministério do Ensino Superior e da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior que altera as regras dos exames finais de secundário para que possam ser utilizados como Provas de Ingresso.

 

Que regras foram alteradas?

Apenas a validade! Muitos órgãos de comunicação social anunciaram que os exames passariam a ter uma validade de 4 anos, mas essa informação está incorreta. Vamos explicar tudo direitinho aqui em baixo.

Até agora os exames eram válidos por 3 anos, – o ano de realização mais os dois anos seguintes, para ser mais preciso – agora os exames passam a ser válidos durante 5 anos – o ano de realização mais dos 4 anos seguintes, para ser mais preciso.

Exemplo prático:

Um exame de Biologia e Geologia realizado em 2017, normalmente, seria válido em 2017, 2018 e 2019. Agora passa a ser válido em 2017, 2018, 2019, 2020 e 2021.

 

Para quem se aplica estas alterações?

A deliberação não é clara no que diz respeito à aplicação da nova validade…. Sabemos que será válido para quem faz exames em 2022, e acreditamos que será válido para os anos anteriores, mas ainda não temos a confirmação por parte do Ministério.

 

Tudo o resto mantém-se igual?

Isso mesmo! Ou seja, os exames da 1ª fase podem ser usados em todas as fases de candidatura, como Prova de Ingresso, e os exames da 2ª fase só podem ser usados a partir da 2ª fase de candidatura.

 

Se quiseres saber mais, podes encontrar toda a informação na deliberação do Diário da República.