As dicas que te podem dar pontos no Exame de Matemática A

22 maio 2021

A fórmula de candidatura para a Nova School of Business & Economics conta com 50 % da média do ensino secundário e 50 % da nota do exame de Matemática A. Este é, por isso, decisivo para a entrada através do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior.

Na reta final de preparação, é natural que surjam dúvidas e a ansiedade cresça aquando da preparação para os exames. Os alunos das licenciaturas em economia e gestão da Nova SBE e a Nova SBE Students’ Union, sempre disponíveis para ajudar, decidiram juntar as suas melhores dicas para realizar o exame de Matemática A com sucesso.

 

1.      Ganhas pontos por descrever todo o raciocínio que te levou à resposta.

 

Nos exercícios de desenvolvimento, muitas vezes, temos tendência a saltar passos no nosso raciocínio, simplesmente porque é algo muito óbvio para nós ou porque usamos algum mecanismo que não costumamos escrever. Se vires os critérios de correção, percebes que em cada resolução há vários passos que têm de ser apresentados, se não os apresentares todos, corres o risco de teres penalizações.

Se há coisa que é desagradável é teres a pergunta certa, mas perderes pontos porque saltaste um passo à frente!

 

 

“Assinala os exercícios em que tiveres maior dificuldade. Desta forma poderás voltar a refazê-los mais tarde. Ao repetir esses exercícios vais ser capaz de interiorizar os procedimentos de raciocínio lógico e mecanizá-los para que se torne automática a realização de futuros problemas com um enquadramento semelhante. Na maioria das vezes, a dificuldade associada aos exercícios advém da sua diferença. Se um exercício apresenta um maior nível de dificuldade em comparação com os outros é porque nos deparámos com algo novo, com uma forma de abordagem diferente da que estamos habituados. Através do processo de repetição, esta particularidade do exercício em questão torna-se comum e a sua exigência, aos poucos, desaparece."

Tiago Costa, licenciatura em economia

 

Repete os exercícios as vezes que forem necessárias até se tornar automático para ti tanto a forma de resolução como a escrita de todos os passos que te levaram a dar aquela resposta.

 

 

2.      Mudanças de Variável e limites notáveis ajudam a resolver o exercício!

 

Começa por ler o exame todo antes de responderes, não só para saberes onde é que conseguirás dar respostas mais rápidas, mas também para poderes ficar com uma noção de “big picture”. “Sem dúvida que o exame nacional é um momento decisivo no teu futuro académico, por isso muitos alunos ficam bastante nervosos tal como eu estive e tu, de certeza, também estarás. De tal forma que, quando começares o exame, se a primeira pergunta parecer complicada podes entrar em pânico sem razão, uma vez que não sabes quais as perguntas seguintes. Assim, em vez de começares logo a resolver, lê̂ primeiro todo o exame. Por um lado, este processo ajuda-te a manter a calma e a respirar fundo. Por outro, permite-te começar pelas perguntas em que te sentes mais à vontade e dá-te confiança para enfrentares as mais desafiantes.”

Inês Frazão, licenciatura em gestão

 

Para além de leres tudo, não te esqueças que muitas vezes tens exercícios que podem parecer muito complexos, mas que uma mudança de variável, um limite notável ou uma relação polinomial ou trigonométrica pode ser exatamente o que estás à procura! Por exemplo, a2 - b2 = (a + b) (a - b) é uma das relações que mais facilmente nos ajuda a desbloquear os zeros de uma função quadrática ou a resolver uma equação de números complexos. Por outro lado, uma mudança de variável, por exemplo, y = x -1, pode fazer com que um limite inicialmente complexo, se torne num limite notável.

 

 

3.      Faz os exercícios todos como perguntas de desenvolvimento e sem resoluções.

 

“Qualidade acima de quantidade. Não basta fazeres todos as provas disponíveis para estares preparado para o exame de Matemática A. Muitos exercícios tornar-se-ão repetitivos ao ponto de a produtividade do teu estudo se tornar cada vez menor. Por isso, procura perceber melhor em que matérias é que não estás tão confortável, revê a teoria, aulas ou mesmo recursos online e pratica a mesma com especial atenção. Começa com exercícios básicos, para interiorizares os princípios fundamentais e, assim que estiveres preparado, volta aos de exame. Se necessário, procura colegas que percebam isto melhor do que tu e, em troca, podes oferecer a tua ajuda nas [questões] em que és especialista!"

Tiago Carvalho, licenciatura em economia

 

Antes de andares a ver resoluções, tenta fazer o exercício apenas com os conhecimentos que tens! Esta técnica pode ser frustrante no início, mas isto vai fazer com que te forces a encontrar relações entre coisas que inicialmente não vias e por sua vez ajudar-te no desenvolvimento da skill mais importante para o Exame de Matemática A: problem-solving. Quando chegares à resposta, verifica as soluções e resoluções para perceberes o que é que te faltou no raciocínio, desta forma, estás simultaneamente a treinar a forma como apresentas as tuas respostas e consegues, através dos critérios de correção ainda perceber que pontuação terias nessa pergunta.

 

 

4.      O Livro do IAVE é a tua nova bíblia!

 

“O livro IAVE: Matemática A 10.º, 11.º e 12.º Anos - Questões de Exames Nacionais e de Testes Intermédios é uma base de estudo muito importante, assim como o site Matemática? Absolutamente!. Além destas duas fontes, é essencial praticar com os exames dos anos anteriores para perceber que tipo de perguntas costumam sair e quais são os critérios de avaliação.”

Nova SBE Students’ Union

 

 

A ansiedade, assim, é mais fácil de controlar. Mas e as dúvidas sobre o processo de admissão à Nova SBE? Subsistem? Então está na altura de contactar a equipa do Student Recruitment & Admissions Office, sempre disponível a ajudar-te a ir rumo à melhor versão de ti próprio através do studyatnova@novasbe.pt. Boa sorte!